segunda-feira, 24 de junho de 2013

SOBRE O PACTO SOCIAL


 (foto: O Globo)

Nesta manhã houve mais protestos no Estado de São Paulo e mais uma vez a presidente da republica fez mais um pronunciamento sobre a questão. O governador do Estado de São Paulo informou não haverá aumento de pedágios.

Há previsão de mais manifestações pelo país. Oras, é mais que evidente a necessidade de se reestruturar as instituições no Brasil. Um país se forma com um grande pacto entre os cidadãos, onde o povo abdica de parte de sua liberdade, em prol da construção do bem, comum.

Quando este bem comum deixa de ser o objetivo do governo, a população retoma sua liberdade para refazer este pacto. Este pacto é o que chamamos contrato social.

Por muito tempo em nosso país, se governa, muitas vezes como se o povo fosse apenas um detalhe, como se não merecesse importância, como se a classe dirigente do país não precisasse dar explicações ao povo.

Acreditou-se por muito tempo que o povo brasileiro era pacifico demais e que suportaria tudo. As passeatas destes últimos dias têm demonstrado o contrario, tem demonstrado que como qualquer outro povo, deve se respeitar a população se se deseja uma nação forte.  

Um comentário:

José Geraldo disse...

Empirismo de Jonh Locke?